10 alimentos que fazem bem para a pele


 

Abacate: a fruta é repleta de óleos essenciais e vitaminas do complexo B. Uma delas em especial, a B3 ou niacina, faz bem à pele. Uma unidade de abacate contém cerca de 27% da necessidade diária da substância.
 

Manga: o fruto tropical fornece mais de 80% da necessidade diária de vitamina A, fundamental para a boa saúde da pele. O elemento ajuda na renovação celular e evita ressecamento da pele.
 

Amêndoas: faz bem à saúde dos olhos e da pele. São ricas em vitamina E e uma porção oferece mais de 50% da necessidade diária. Essa vitamina ajuda a prevenir o envelhecimento precoce.


Queijo tipo cottage: laticínios contêm cálcio, que fazem bem aos ossos. Mas é o selênio contido nessa versão do queijo que combate os radicais livres, ajudando a prevenir o envelhecimento.


Acerola: poderosas aliadas contra o envelhecimento precoce, as frutinhas fornecem a quantidade total de vitamina C necessária para um dia. Previne contra danos e rugas precoces e ajuda na produção de colágeno.


Ostras: ricas em zinco, ajudam a manter a pele livre de acne e auxiliam na produção de elastina, a proteína que mantém a elasticidade do órgão.


Batatas assadas: uma batata assada, com a casca mesmo, fornece cerca de 75% na necessidade diária de cobre, mineral que, em parceria com a vitamina C e o zinco, produz elastina. A deficiência do mineral deixa a pele rígida e sem vida.


Cogumelos: oferecem boas quantidades de vitamina B, a riboflavina, que é responsável pela manutenção e reparação da pele, evitando problemas como a rosácea, por exemplo.


Linhaça: as sementes estão entre as principais fornecedoras de ômega 3, uma gordura essencial e que mantém a pele saudável.


Gérmen de trigo: o embrião do trigo, que surge quando a planta começa a brotar, oferece boas quantidades de vitamina B, fornecedora de biotina, vital para a saúde da pele.

 

Veja também:
Acupuntura como tratamento para problemas emocionais
O que é a medicina preventiva?
Acupuntura para diminuir a ansiedade
Tratar a obesidade através da prática ortomolecular