Alimentação saudável: Goji Berry


 

Em ano de Copa no Brasil, uma seleção de frutas entra em campo. E revela a campeã em nutrientes. Guarde bem esse nome: goji berry. Fruta vermelha cultivada nas montanhas do Tibete, a goji berry é consumida há milhares de anos na popular medicina chinesa. Agora está no cardápio de estrelas como Mick Jagger, Madonna e Britney Spears pelo propagado poder energético, rejuvenescedor e eficiente para o emagrecimento.

Tem ainda substâncias que liberam o hormônio do crescimento, agentes anti-inflamatórios e mais um esquadrão de antioxidantes.

No Brasil, a goji berry só é encontrada desidratada, vendida em lojas de produtos naturais. Chega a custar R$ 200 o quilo. Mas já tem gente querendo produzir a frutinha no quintal de casa. Estudos americanos e europeus comprovam os benefícios energéticos e antioxidantes dessa frutinha poderosa. E recomendam o consumo de pelo menos uma colher de sopa por dia, de preferência pela manhã ou antes das atividades físicas. A goji berry só não é indicada para quem toma remédio contra trombose, controle de pressão e glicemia, porque pode inibir a ação desses medicamentos. As vitaminas do complexo b presentes na fruta auxiliam a diminuir fadiga, stress e melhoram o funcionamento do cérebro. Cada 100 gramas de goji berry tem 50 vezes mais vitamina C que uma laranja por exemplo. Mas essa leva a vantagem de ser bem mais popular e acessível.

A fruta ajuda a emagrecer?

Até o momento não foram realizados estudos que comprovem um efeito emagrecedor da goji berry. Ela tem potente ação estimulante, pode auxiliar no estímulo à prática de atividades físicas e, consequentemente, causar emagrecimento.

Como podemos encontrar o goji no mercado?

Há três formas de encontrá-la: na forma in natura (por ser importada, é bem raro de encontrar nos mercados), desidratada (em lojas e empórios especializados em produtos naturais) e na forma de suplementos, em cápsulas ou em pó (em farmácias de manipulação).

Qual a variação mais indicada para incluir na dieta?

A fruta desidratada não apresenta perda de nutrientes, além de ter poucas calorias e ser de fácil consumo durante o dia. Muitos estudos têm demonstrado que o efeito de consumir um suplemento com os princípios ativos benéficos das frutas e vegetais não trazem o mesmo benefício do que consumir a fruta em si. Nela, encontramos um pool de nutrientes e substâncias benéficas, algumas ainda desconhecidas.

Qual a quantidade diária recomendada?

Duas colheres de sopa ao dia ou 150 ml de seu suco. Ela pode ser incluída no lugar de outra fruta, preferencialmente pela manhã.

Pode dar dicas de como consumir?

Podemos misturá-la a outras frutas, assim como a iogurtes, cereais, saladas ou batidas e sucos. Seu sabor é levemente amargo. Se consumido com iogurte, pode ser mais saboroso. Evite adicionar açúcar.

Existe alguma contraindicação?

Alguns estudos nos Estados Unidos apontaram que o consumo excessivo de chás com goji berry tem ação inibitória da warfarina (medicação utilizada para evitar trombose). Seu consumo não é recomendado para quem faz uso dessa medicação.
Supõe-se que alguma substância da fruta interaja com o P450 – local no fígado onde muitos medicamentos são metabolizados. Seu consumo não é indicado para quem faz uso de medicações importantes para o controle glicêmico e de pressão, por exemplo. Recomenda-se o consumo distante do uso das medicações diárias.

 

RECEITAS

1) Mousse de goji berry
Ingredientes
½ xícara de chá de goji berry desidratada
1 pote de iogurte natural desnatado
1 caixinha de creme de leite light
1 envelope de gelatina sem sabor
½ xícara de chá de leite desnatado
5 colheres de sopa de adoçante em pó para forno e fogão

Modo de preparo
Coloque a goji berry de molho em água morna por 30 minutos. Dissolva a gelatina em 300 ml de água morna, e misture a goji berry hidratado e 3 colheres do adoçante. Reserve.
Bata os demais ingredientes na batedeira até atingir uma mistura homogênea.
Distribua as duas misturas em camadas, em taças, deixe na geladeira por 2 horas. Sirva gelado.

 

2) Chá de goji berry
Ingredientes
100 ml de água filtrada
1 colher de folhas para chá vermelho
2 colheres de chá de goji berry desidratadas secas

Modo de preparo
Leve a água para ferver. Em uma xícara junte o chá com as Goji berries, acrescente a água fervendo e deixe repousar de 3 a 5 minutos. Coe e sirva quente.

3) Salada de goji berry
Ingredientes
2 maçãs picadas
3 colheres de sopa de amêndoas em lâminas ou nozes picadas
1 colher de sopa de sementes de girassol
3 colheres de sopa de goji berry desidratadas
½ pote de iogurte natural desnatado

Modo de preparo
Misturar todos os ingredientes e manter na geladeira até a hora de servir.

 

 

Veja também:
Acupuntura como tratamento para problemas emocionais
10 alimentos que fazem bem para a pele
O que é a medicina preventiva?
Acupuntura para diminuir a ansiedade
Tratar a obesidade através da prática ortomolecular