Dores: os alarmes do organismo podem ser amenizados


 
Nosso corpo é um sistema constituído de matéria e energia e planejado harmoniosamente para que toda energia flua livremente por todo o corpo. Este fluxo é chamado "QI".
 
Quando existe alguma interrupção deste fluxo, provocada por qualquer disfunção, a energia deixa de fluir em determinados pontos acumulando-se em excesso e ao mesmo tempo deixa de atingir outros pontos deixando-os deficitários.
 
A Medicina Tradicional Chinesa se aplica na detecção destes pontos com excesso onde são sedados enquanto os pontos deficientes são tonificados; outros pontos ainda devem ser harmonizados buscando equilíbrio do QI pela ação da acupuntura sistêmica.
 
Claro, nosso ritmo da vida diária cria estresse e ansiedade, nossa saúde recebe influências do clima, do ar, dos hábitos alimentares, posturais, emocionais e até físico-químicas; por consequência desarmonizam o equilíbrio matéria/energia.
 
As dores são alarmes, mostram o desequilíbrio existente. A busca da harmonização dos fluxos de energia revelam enfermidades ocultas, disfunções orgânicas que muitas vezes passam despercebidas.
 
A disfunção energética normalmente acontece antes mesmo de qualquer enfermidade se manifestar, por este motivo devemos sempre estar atentos.
 
 
Veja também:
Acupuntura como tratamento para problemas emocionais
10 alimentos que fazem bem para a pele
O que é a medicina preventiva?
Acupuntura para diminuir a ansiedade
Tratar a obesidade através da prática ortomolecular