Problemas com a memória?


 

Quem nos dias de hoje não tem queixa de memória diminuída?

Meu caro amigo, você aí que está estudando para vestibular ou concurso, já fadigado e não entra mais nada na cabeça, pois o estress e o cortisol estão lá em cima, acabando com sua memória, depletando seu magnésio instracelular cerebral, jogando lá em baixo o seu QI, a sua capacidade cognitiva, a atenção, o foco e a concentração, uma boa dica é suplementar ou aumentar o magnésio da sua dieta.

Aprendizagem e memória são funções cerebrais fundamentais afetadas por fatores dietéticos e ambientais e o magnésio age melhorando a capacidade de aprendizagem, a memória de trabalho e memória de curto e longo prazo e capacidade de conclusão também é melhorada. Funcionalmente, magnésio também aumenta o número de sitios de liberação pré-sináptico funcionais, ao mesmo tempo que reduz a probabilidade de liberação, e essa reconfiguração resultante permite melhoria seletiva na transmissão sináptica.

Juntamente com regulação positiva concomitante da sinalização de receptores NMDA contendo NR2B, a plasticidade sináptica induzida por insumos correlatos sugerem que um aumento de magnésio no cérebro aumenta tanto facilitação sináptica de curto prazo e potenciação de longa duração quanto melhora as funções de aprendizagem e memória. Detalhe, magnésio ainda aumenta performance esportiva, antagonizando o cálcio, melhorando a força e potência muscular, tendo também papel na função reprodutiva, agindo na melhora da mobilidade espermática e adesão no momento da fecundação, mas essas estórias ficam para depois, pois o foco hoje é memória! 

Fontes alimentares:

Frutas: abacate, banana e uva
Verduras: beterraba, quiabo, batata, espinafre e couve
Grãos e derivados: granola, aveia, farelo de milho e gérmen de trigo
Nozes e Sementes: girassol, gergelim, amendoim, castanhas e amêndoas
Outros alimentos: leite, soja, peixes, grão de bico

 

 

Veja também:
Acupuntura como tratamento para problemas emocionais
10 alimentos que fazem bem para a pele
O que é a medicina preventiva?
Acupuntura para diminuir a ansiedade
Tratar a obesidade através da prática ortomolecular