Estudos recentes confirmam ação da acupuntura no combate da depressão


A falta de tempo, o excesso de informação e o ritmo acelerado de trabalho fazem com que as pessoas fiquem doentes e não tenham qualidade de vida.

Dentre tantos problemas, um dos que mais tem chamado atenção é o número crescente de pessoas com depressão. Atualmente, a depressão afeta de 5% a 15% da população mundial, o que representa algo em torno de 9 a 28 milhões de brasileiros. Essas estatísticas fazem com que a depressão seja considerada o mal do século XXI.


Os principais sintomas da depressão são:

 

- Crises de choro sem explicação

- Sentimento de angústia constante e sem explicação

- Pessimismo

- Baixa autoestima

- Falta de energia e cansaço

- Perda de interesse nas atividades do dia a dia


Vale ressaltar que cada pessoa demonstra sintomas diferentes. Por isso, é preciso ficar atento ao comportamento e, principalmente, ao que o paciente fala.

No entanto, um estudo de 2013, publicado no periódico científico The American Journal of Psychiatry, revelou que a acupuntura vem se mostrando um tratamento eficaz para a depressão. Isso porque, as agulhas teriam o mesmo efeito no cérebro que os remédios controlados.

A acupuntura é uma técnica baseada em métodos da medicina tradicional chinesa, que surgiu há cerca de 5.000 a.C. Além de visar o equilíbrio, pode ajudar a solucionar diversos problemas de saúde e emocionais.

O tratamento se dá na inserção de agulhas de aço inox descartáveis nos meridianos do corpo. O principal objetivo da técnica é tratar o ser humano como um todo. Como consequência existe uma melhora significativa nos problemas que o indivíduo possui.

Os pontos são escolhidos a partir de uma avaliação detalhada para conhecer o histórico e evolução da doença e, assim, determinar o melhor tratamento, tempo e pontos a serem escolhidos

Cada sessão dura em torno de 30 minutos e é recomendada uma por semana durante três meses. Após este período é feita a reavaliação para estabelecer em que periodicidade se fará o controle. A acupuntura tem se mostrado muito eficiente para tratar distúrbios como insônia, ansiedade, falta de libido, dores, e até doenças mais complexas como síndrome do pânico, Mal de Alzheimer, entre outros.