Acupuntura em estresse


 

O tratamento do estresse, sem a utilização de medicamentos, é uma proposta do método da acupuntura que vem sendo cada vez mais disseminada por médicos especializados. O estresse envolve, além da depressão, sintomas físicos e ansiedade. Quando em fase aguda, é dificilmente controlada sem ajuda médica. O estímulo estressante pode causar uma série de sintomas tanto orgânicos como de alterações psíquico-comportamentais. Em condições crônicas causa desgaste físico-mental, chegando até a gerar doenças degenerativas permanentes.

 

O tratamento de acupuntura para o estresse e suas manifestações sistêmicas e psicológicas tem apresentado resultados bastante satisfatórios, pois não há efeitos colaterais relevantes que sejam conhecidos. Em geral, recomenda-se de uma a duas aplicações por semana, e, em caso de dor muscular, o paciente já sente alívio logo após a primeira aplicação. Já as alterações emocionais e os distúrbios de sono podem levar mais de dez sessões para terem efeito consolidado. Portanto, o efeito varia de caso a caso, dependendo da duração de tempo de doenças, da causa do estresse, e da vulnerabilidade dos pacientes. Vale esclarecer que a acupuntura, por meio de estímulo nos pontos pelas agulhas e outros instrumentos, produz uma série de reações locais e sistêmicas, resultando alívio dos sintomas de forma imediata ou progressiva.

 

 

Veja também:
Acupuntura como tratamento para problemas emocionais
10 alimentos que fazem bem para a pele
O que é a medicina preventiva?
Acupuntura para diminuir a ansiedade
Tratar a obesidade através da prática ortomolecular