Acupuntura no tratamento da insônia


 
Estudos revelam que cerca de 30% da população mundial adulta não conseguem ter uma boa noite de sono e sofrem com insônia.
 
As causas podem ser ansiedade, depressão, estresse, dor muscular ou articular, uso de medicamentos ou ambiente inadequado (muito barulho, local quente demais, colchão ruim, claridade excessiva), entre outras possibilidades que podem fazer a pessoa ter dificuldade em pegar no sono, ou acordar várias vezes durante a noite ou, ainda, acordar na madrugada, sem conseguir voltar a dormir.
 
Essa insônia pode ser transitória, durar até quatro semanas; aguda, de quatro semanas a seis meses; ou crônica, permanecer por mais de seis meses.
 
Insônia x depressão
 
Cansaço, sonolência, falta de memória, dificuldade em se concentrar, mal-estar e irritabilidade são alguns dos sintomas associados à insônia, mas também podem indicar uma depressão.
 
Ao identificar tais sintomas, é fundamental realizar avaliação para confirmar se tais sintomas são decorrentes de insônia ou de depressão. O diagnóstico deve ser feito por um médico.
 
Como tratar
 
Corrigir hábitos inadequados deve ser o primeiro passo. Técnicas de relaxamento, psicoterapia também podem ajudar.
 
A pessoa que sofre de insônia deve regular seus horários de dormir e acordar. Não adianta ficar na cama até mais tarde para compensar uma noite mal dormida.
 
Atividades estimulantes durante a noite (televisão e computador), excesso de cafeína, álcool e comida à noite, são um “veneno” para quem tem problemas para dormir. Nicotina, excesso ou falta de exercício físico também.
 
Na acupuntura, a solução sem o uso de medicamentos
 
A acupuntura é muito efetiva tanto para o tratamento de estresse, quanto o de insônia. O índice de melhora chega a 90%.
 
A acupuntura deve ser aplicada semanalmente, até que o padrão de sono normal seja restabelecido. Então, as sessões podem ser quinzenais e depois mensais.
 
“O tratamento da insônia por meio da Acupuntura é extremamente eficaz”, afirma a acupunturista. Mas, ela lembra que é importante diferenciar a causa do distúrbio para, a partir de então, adotar o procedimento correto.
 
O ideal é que aconteça no fim do dia. Assim, o estresse será reduzido, favorecendo o sono mais tranquilo.
 
 
Veja também:
Acupuntura como tratamento para problemas emocionais
10 alimentos que fazem bem para a pele
O que é a medicina preventiva?
Acupuntura para diminuir a ansiedade
Tratar a obesidade através da prática ortomolecular